Logo Adobe InDesign Ícone

Adobe InDesign Versão CC 2018 Build 13.1 Gratuito para Testar

858.4 MB
Funciona em: Windows
XP/Vista/7/8/8.1/10
Atualizado em: 02/08/2018 Adobe
623K
Baixar Download Seguro
Verificado com Antivírus
R$ 71,00 COMPRAR LICENÇA
via baixaki store

O que estão falando…

Comentar
+15 Comentários
  • Foto de Herman Schmitz
    Herman Schmitz 10 de novembro de 2013 - 17:48
    10
    Nota Excelente!
    Publicações pequenas de até 32 pag., digamos, pode se fazer tanto no InDesign, quanto no Corel, e já ví fazerem até no Word. Agora quero ver editar um livro de 1.000 pág. com diversos tipos de índices (remissivo, glossário), etc, com tabelas, quadros, gráficos, legendas... Aí não tem outro, é o InDesign mesmo.
  • Foto de Diogo Paulino da Rosa
    Diogo Paulino da Rosa 29 de outubro de 2007 - 13:50
    4
    Nota Bom!
    Prós: Tem as mesmas funções do corel draw....eh um bom programa para fazer desenho e outras coisas...

    Contras: tah em ingles ...essa versao eh trial....e perde mto pro corel draw...seu sistema eh mto complicado...dificil de trabalhar...

Descrição

Equipe Baixaki
O elogiado diagramador de documentos da Adobe ganhou recursos para fontes e interface de cor diferente

Adobe InDesign CC é a nova versão do aplicativo mais conceituado do mundo quando o assunto é diagramação (ou seja, a disposição gráfica de todos os elementos de um documento) de jornais, revistas, cartazes, banners ou documentos para web. Agora, ele faz parte da Creative Cloud, a rede de aplicativos da Adobe integrados pela nuvem – o que significa que ele ganhou algumas novidades modernas e pontuais em sua atualização mais recente.

Com o visual adaptado ao de todo o pacote criativo CC, que inclui também o Photoshop, o InDesign não sofreu modificações radicais. O programa recebeu certas adições na escolha de fontes, na interface e na visualização dos documentos criados, tudo para que você economize segundos preciosos e deixe o trabalho mais dinâmico.

De roupa nova

Fãs de longa data do InDesign notam logo de cara qual a grande diferença da versão CC para a CS5 ou CS6: a interface ganhou cores sombrias, tons de preto que não existiam nas atualizações anteriores e foram adicionados como parte da uniformização dos aplicativos da Adobe.

A interface sombria cansa menos a vista.

Se você não gostar do novo visual, não se preocupe: é só alterar o brilho desses menus e devolver ao programa o aspecto original.

Fontes favoritas

Quem lida bastante com diferentes fontes na composição dos documentos criados ganhou alguns presentes específicos. A partir de agora, há um mecanismo de busca e filtro para que você encontre seus estilos favoritos de letras e números – e é só digitar um pedaço do nome para que o resultado apareça.

No mesmo menu, logo abaixo da busca, há outra novidade. É a seção de fontes favoritas, na qual os estilos mais utilizados por você podem ser acessados mais rapidamente.

As fontes receberam várias melhorias.

A terceira e última novidade na área é uma prévia automática e instantânea. Uma vez que você selecione um trecho do texto e deixe o mouse sobre determinada fonte, as palavras passam para o novo estilo, dando a você uma ideia de como ela fica com a cara nova, sem que você precise repetir o mesmo processo até escolher a correta.

QR Code e EPUB

Ele não é tão usado, mas ainda não morreu: o QR Code está presente na nova versão do diagramador. É possível criar códigos do zero, redimensioná-los sem comprometer a qualidade e ainda editá-los a qualquer momento pelo próprio InDesign.

Quem cria páginas no formato EPUB, para livros digitais, também não foi esquecido: várias correções foram realizadas, fontes foram definitivamente embutidas e ficou mais fácil e melhor trabalhar com códigos CSS e HTML dentro desses documentos.

Visualização de documentos

Você pode criar a página do jeito que quiser.

O InDesign CC foi otimizado para quem utiliza um aparelho com Retina Display, como os novos MacBook Pro. O programa tem também suporte a HiDPI, o que significa que a visualização de documentos oferece maior detalhamento em elementos como cores, brilhos e outros detalhes.
Você ainda pode salvar as predefinições de documentos, aqueles detalhes na hora de criar um novo arquivo no programa, como bordas, tamanho e formato de página.

Primeiros passos

Ao abrir o programa você tem a opção de iniciar um novo documento normal ou um livro. O programa tem predefinições para impressão ou material de divulgação via web. Você pode escolher o número de páginas, largura, altura, colunas, margens e espaçadores.

O uso é realmente muito simples: no meio da tela você visualiza a montagem do documento. Você pode inserir imagens e até itens interativos (no caso de um PDF) na página. No lado esquerdo da tela você encontra as ferramentas do programa, como texto, linha, caneta ("pen tool"), lápis, e formas geométricas.

É possível modificar a forma de qualquer elemento adicionado na tela com o uso da ferramenta "Transformação Livre". O preenchimento pode ser configurado no topo da tela, por uma caixa de cor. Entretanto, se você deseja adicionar efeitos diferentes no preenchimento, use a ferramenta "Amostra de Gradiente", no menu.

Você pode fazer várias alterações nos textos.

Em relação à edição e formatação de textos, não há segredo algum. Se você já utilizou qualquer software de processamento de textos, vai conseguir utilizar com facilidade o InDesign. Primeiro, você pode adicionar uma forma geométrica na tela. Depois, basta usar a ferramenta "Tipo" e colar ou escrever o conteúdo. A formatação se faz automática, mas você pode definir outras configurações no topo da tela.

Exportação e compatibilidade

Você tem duas opções no menu "Arquivo" para concluir seu trabalho: "Exportar", que permite salvar em PDF de impressão ou interativo, EPS, Flash, IDML (InDesign Markup), JPEG e XML; a outra opção é "Exportar Para", com Buzzword, Dreamweaver (HTML) e EPUB — eBooks com  compatibilidade para o Apple iPad, Sony Reader, Barnes & Noble Nook e outros dispositivos.

Nossa Opinião sobre o Adobe InDesign

O Adobe InDesign com certeza continua entre os programas mais famosos para os designers que trabalham diariamente com diagramações, produção de revistas, capas para CD e muitos outros materiais diferentes.

Nota-se claramente que os esforços da Adobe para melhorar o software são cada vez mais significativos para profissionais – e a integração entre aplicativos proposta pela Creative Cloud tem um futuro bastante promissor. Além disso, fica cada vez mais prática a criação e edição de documentos para os profissionais que utilizam o InDesign como ferramenta de trabalho diariamente.

Os requisitos para utilizar o novo InDesign aumentaram, pois os recursos do programa estão mais pesados. Entretanto, também produzem resultados mais bonitos em muito menos tempo. Um ponto muito positivo para os usuários do Brasil é relativo aos idiomas disponíveis, pois agora o português está presente também.

Quem já é familiarizado com programas da Adobe (principalmente Photoshop e Illustrator) não tem problema algum ao utilizar o InDesign, já que funciona de maneira muito semelhante. As mudanças na interface são meramente visuais e as adições são pontuais e bem feitas, como nas fontes. Quem é novato na área pode ter alguma dificuldade no começo, especialmente pela quantidade de ferramentas disponíveis, mas nada que um pouco de prática não resolva.

Prós & Contras

Prós

  • Em português
  • Muitas opções de criação de conteúdo
  • Ferramentas especiais para criação de conteúdo para tablets

Contras

  • Pode ser difícil para usuários iniciantes
0 10
Avaliar Produto 0

Interesse ao longo do tempo

Compartilhe essa página

Comentários sobre o Adobe InDesign

+15 Comentários
  • {{comentario.nome}} {{comentario.data}}
    {{comentario.nota}}
    Nota {{comentario.notaExtenso}}!